4 de abril de 2010

Pra onde tenha sol


Sim!!!

De repente tudo ficou em seu lugar novamente.
O sol renasceu, os passáros recomeçaram a cantar (eles haviam parado?), o ar voltou aos pulmões.
Como se algum planeta tivesse saido de sua órbita e retornado.
Sim!!! é assim que eu me sinto.
Os sonhos ressurgiram das cinzas e o futuro mudou de cor, do vermelho escuro para o azul brilhante. Ah, e como ele brilha! Milhares de cores cintilando para mim.
Posso pressentir a felicidade chegando.
Posso ver a luz das pessoas.
Posso enxergar como a vida é bela (e algum dia ela deixou de ser?)


Agradeço a todos minhas almas gêmeas, amigos, família e colegas que me suportaram (essa é a palavra) nesses últimos meses. Sei que meu mau humor é difícil de aguentar.

Nunca esquecerei a força e o apoio que cada um me deu, pois mesmo quando eu já não acreditava mais, vocês acreditaram por mim.
Quando eu não sonhava mais, vocês sonharam por mim e
Quando eu não rezava mais, vocês rezaram por mim.


Muito Obrigada!!!

Que Deus sempre ilumine o caminho de vocês e que minha "fase" sirva de lição para todos que pensarem em desistir de algo, pois somente com paciência e fé é possível prosseguir.

Que assim seja!!!



Letícia Iambasso

2 comentários:

Roberto Reis disse...

Belo texto! Parabéns por saber expressar-se tão bem, de uma maneira gostosa e bastante comuniticativa!

Continue assim, com textos belos e ricos!

Abraços

=)

Sobre todas as partes de mim disse...

Ficou bonito sim. Aliás, o que você escreve que não fica bonito? Suas palavras refletem seus olhos, que apesar de cansados, nunca deixaram de brilhar. Saiba que sempre estaremos lá erguendo a mão para te ajudar.
Por que amigo se vê o outro caindo faz de tudo para deixa-lo em pé. E se não consegue, cai junto. Assim os dois podem levantar juntos novamente.