13 de outubro de 2009

O que eu também não entendo!!!

Então o que é o amor?
Uma chama que se propaga pelo peito?
Ou os lindos cristais coloridos que são vistos em cada sorriso?

Hoje amamos, amanhã odiamos.
O que nasce com uma flor, pode se acabar em uma pétala.
O casamento, união de dois seres que se amam, virou status social.
Estamos com alguém para não ficarmos sozinhos ou para ter uma desculpa?
- "Sou casado(a), não posso fazer isso"
Existe respeito e companheirismo entre os casais? Ou somente inverdades e hipocrisias?
Pra que continuar em um relacionamento por comodismo? É mais fácil não ser cobrado do que tentar ser feliz e não colocar a culpa no tempo pelo seu fracasso, não é mesmo?
Será que o amor é tão imaginável assim? Nunca teremos prova daqueles que ficaram juntos por anos e anos não pra sustentar uma rotina, mas sim porque se amaram e sempre vão se amar?
O seu LONGO relacionamento ainda está intacto por qual motivo? A emoção é a mesma desde o começo de namoro? Você nunca mais sentiu atração por ninguém além de seu companheiro(a)?
Enfim, são perguntas que irão demorar para serem respondidas.
Eu não estou em um relacionamento, não amo e nunca amei ninguém. Se um dia falei isso, me arrependo profundamente.
Hoje sei que receber e dar carinho é diferente de amar.


Amor? Só conheço o dos livros
Amar? Ainda não sei o que é isso.


"Afinal, será que amar é mesmo tudo?
Se isso não é amor, o que mais pode ser?
Estou aprendendo também"

Letícia Iambasso

8 comentários:

CRISTINA disse...

Nossa Letícia, foi profunda neste texto e muito verdadeira.
Parabéns!!!!!

Vanessa P. Vaiano disse...

adorei...são o que dados do "i.b.g.e" dizem q a cada 10 casais q c casam 4 c separam, 4 c toleram, e só 2 são felizes e c amam...e amor existe sim..mas pelos momentos com a pessoa por issu q temos que conquistar e ser conquistada td dia...isso é fundamental para ser um desses 2 casais q c amam e ficam juntos para sempre...
beijaoo florr

GABRIEL disse...

Puts amor um sentimento muito complicado de entender, é o que vc disse num dia vc esta amando e no outro odiando e no fim fica pensando se amou de verdade se aquilo era amor, por isso sempre penso em viver o momento pq é o que vai marcar e te fazer bem,mas se for verdadeiro o momento vai se tornar algo serio e inesquecivel, mas enquanto num acontece, melhor ir curtindo...hehe...
Seu texto tá maravilhoso LE..PARABENSSSS

Nader disse...

Dificil, tema polêmico...tipico seu neh??kkkk...mas vamos lah..
Concordo em alguns pontos..voce deu a sua visão feminina das coisas...as mulheres são mais perceptivas...acho que o amor tem que ser ciclico..deve ser renovado de tempos em tempos...mas não podemos ser hipócritas, o ser humano se acomoda por instinto...se esta em sua zona de conforto, acaba permanecendo, resiste a mudanças...por isso, acaba. Eu acredito em paixão, atração...esses sentimentos são mais verdadeiros..não acredito muito em amor..soh de mae e pai...
beijos..!

Paloma disse...

Ahhh relacionamentos! um poço de dúvidas, incertezas e complicação. "O amor é uma bobagem que os americanos inventaram pra faturar, na verdade o que existe é uma amizade sólida com um pouco de sacanagem"
bjos Le!

*Su Rosa* disse...

Lindo Texto Lê... demorei, mas apareci.... sou sua seguidora... me siga tb!! Bjaum... sds!!!

Kátia disse...

Nossa Le gostei da forma que se expressa em falar de amor.
Amor é algo que tbm não sei explicar, pois devo concordar com vc que muitas vezes amamos e logo depois odiamos...rs
Adorei seu texto, percebo que foi bem sincera no que disse...

Sobre todas as partes de mim disse...

"O amor é filme. Eu sei pelo cheiro de menta e pipoca que dá. Eu sei porque eu sei muito bem como a cor da manhã fica. Dá felicidade, dá dúvida, dor de barriga. É drama, aventura medonha, comédia romântica."

Você só sabe o que é amor se você está amando. Julgar depois que acaba não é justo. Você fica imaginando como foi bobo e realmente tinha motivos para se sentir assim.
Amor É dar e receber carinho. Não espere muito mais do que isso, porque é querer aquele carinho que te deixa horas na frente do telefone, que te deixa sem dormir pensando em alguém.
Só porque você não consegue sentir de novo ou explciar aquilo que sentiu, não quer dizer que o sentimento não tenha existido. Ele existiu.
Você vai amar, deixar de amar, terminar, ficar mal por uns dias, ficar sozinho por um tempo. Até conhecer alguém e sentir a mesma coisa. E o que tem de errado nisso? Nada.
Você sente raiva várias vezes na vida, sente medo várias vezes na vida, por que não pode amar várias vezes na vida? Só por que na novela é um único amor para a vida toda? Ou por que nos filmes o namoro dura para sempre? Tenho novidades: a Sandra Bullock não é a dona da verdade.